+55 (51) 3533-1270
contato@sbdc.com.br

Como ter uma equipe engajada com as metas da empresa?

Estabelecer metas e ter uma visão desafiadora do futuro é natural aos protagonistas e empreendedores corporativos.

Mas, do ponto de vista organizacional, a fixação de metas pela empresa também pode ser uma forma eficiente de manter ou aumentar o desempenho no trabalho, e várias empresas têm utilizado essa estratégia justamente para isso.

A questão é: como manter os colaboradores engajados com as metas da empresa?

Listamos alguns pontos indicados pelos psicólogos americanos Locke e Henne:

  • Os empregados devem estar comprometidos com a meta, ou seja, devem aceitá-la. O objetivo da organização não é, necessariamente, o objetivo pessoal de um funcionário. Porém, apenas objetivos pessoais motivam os comportamentos.
  • O feedback é necessário, porque permite que as pessoas saibam se o seu comportamento está levando-as, ou não, na direção de seus objetivos.
  • Quanto mais difícil a meta, melhor deve ser o desempenho. O objetivo de alcançar uma média de pontos de 4,0 deve resultar em um desempenho melhor do que um objetivo de chegar à média 3,0. Apesar de as pessoas nem sempre atingirem seus objetivos, quanto mais difícil ele for, melhor será o desempenho, pelo menos até que a pessoa esteja trabalhando no limite do seu sentimento de capacidade (autoeficácia). É claro que ela não pode ir além, passar do limite, para não causar um desânimo geral.
  • Finalmente, as metas específicas são mais efetivas do que um desafio vago, do tipo “faça o melhor que puder”. Objetivos vagos podem ser eficientes, mas são os específicos que permitem à pessoa saber quando ela está dando o melhor de si, acompanhar e comemorar as pequenas vitórias ao longo do caminho.

 

Para estabelecer metas com as condições propostas por Locke e Henne utilize o acróstico M.E.T.A.S:

Mensuráveis – Pode ser medido

Específicas – Não é algo genérico

Temporais – Tem um prazo pré-determinado.

Alcançável – É possível, mas quanto mais desafiante melhor.

Significado pessoal – Faz sentido, tem importância e significado pessoal para quem deve persegui-la. Quem deseja atingir a meta, sabe exatamente o que tem a ganhar se conquistá-la e o que estará perdendo se deixar de atingir o objetivo.


 

Leia mais sobre educação corporativa e gestão de pessoas:

Aprendizagem heurística é o futuro da educação corporativa

RH: Tendências de Capital Humano para 2017

 

Deixe seu comentário